fbpx

O Mc Feliz dos brasileiros

Marketing Promocional
(Last Updated On: 4 de junho de 2014)

Você já imaginou estar na fila do McDonald’s e ver alguém saindo com uma bandeja com prato de arroz e feijão? Pois é, você não leu errado. O notório fast food vende um prato comercial que custa em torno de R$23,00.

Devido às reclamações dos funcionários sobre o fato de terem que comer lanches todos os dias e não possuírem uma alimentação saudável, o sindicato responsável pelos colaboradores do McDonald’s apresentou uma denúncia ao Ministério público do Trabalho, fazendo com que a rede fosse obrigada a fornecer o prato comercial para seus funcionários.

Já faz algum tempo que a empresa tenta diversificar seu cardápio e se adequar aos países em que está presente. Porém, o feijão com arroz não faz parte da estratégia de marketing do restaurante. Você não encontrará em propagandas e só saberá de sua existência se pedir um cardápio atrás do balcão para os atendentes. Ana Apolaro, diretora de Recursos Humanos da unidade brasileira da Arcos Dorados (McDonald’s), disse: “Temos a filosofia de sermos sempre muito transparentes, então também servimos para o cliente o que servimos internamente e vice-versa”.

O prato comercial inclui arroz, feijão, salada e uma carne (os mesmos hambúrgueres do cardápio regular). E então, você deve se perguntar: Se todo brasileiro gosta de arroz com feijão, por que eles escondem e não divulgam essa opção?

Melhores Mochilas para Brindes

É uma questão de mercado.  O McDonald’s quer que você entre em uma de suas lojas, seja prontamente atendido, se alimente e vá embora. Mas, não se sinta ofendido. Afinal, esse é o intuito do fast food, certo? Ser uma opção rápida para quem não dispõe de tempo e quer saciar sua fome.

Além de não ser uma especialidade da empresa, criar pratos e mais diversificações de cardápio, seria se perder do público alvo, atraindo pessoas que frequentariam o local para comer em seu almoço e continuar por mais tempo sem que haja consumo, por exemplo.

Isso posiciona o fast food de maneira errônea, já que o intuito de uma empresa com processos mecanizados em larga escala e de preparação de alimentos com rapidez, é rotatividade e lucratividade em um espaço pequeno de tempo, o que não ocorrerá se a Arcos Dourados se transformar em um restaurante com pratos comerciais.

Portanto, com a falta de interesse em demonstrar o novo prato e até algumas reclamações dos funcionários sobre a falta de sabor do arroz com feijão produzido no McDonald’s, a dica que fica é: peça a especialidade da casa.

E essa conversa toda me deu uma fome… Preciso correr para experimentar os sabores da Copa antes que acabem. 😉

Posts anterior
Próximo Post

No Comments

Leave a Reply