fbpx

Quando o PDV é o diferencial da sua marca

PDV
(Last Updated On: 21 de março de 2016)

Um dos pontos mais importantes para promover as vendas dos serviços e produtos de uma marca é a maneira como ela utiliza o PDV (ponto de venda). São diversas as estratégias possíveis para buscar a diferenciação e, consequentemente, conquistar a clientela.

No post de hoje, falaremos sobre algumas dessas estratégias, apresentando exemplos criativos para que você possa se inspirar e também conquistar o sucesso!

O uso correto do merchandising no PDV

Não basta conhecer as técnicas de merchandising e aplicá-las ao ponto de venda. É preciso saber quais são aquelas que podem render bons resultados (entenda aqui sobre o visual merchandising no PDV). São muitas as possibilidades e é preciso se planejar para que a ação e/ou os materiais não se tornem poluição visual da perspectiva do consumidor.

Um exemplo clássico disso é a Páscoa. Vários pontos de venda incluem aqueles clássicos corredores com ovos pendurados para criar um clima para a compra. A questão é que, se o PDV tem, por exemplo, um pé direito baixo, essa exposição pode gerar um efeito contrário, fazendo com que os mais altos passem evitar passar por aquele ponto do estabelecimento, pois batem a cabeça ou precisam se abaixar.

Marketing sensorial

O marketing sensorial trabalha com os cinco sentidos da clientela dentro do PDV, promovendo de forma positiva a sua marca. Sabemos que a visão é o mais clássico, mas cada vez mais pontos de venda vêm apostando na diferenciação.

Powered by Rock Convert

Pode ser por meio de um cheiro ou música que ajudem a remeter ao clima da marca ou de um produto, oferecimento de pequenos agrados na forma de comes e bebes para complementar a experiência do cliente, ou texturas que ajudem o cliente a entender a maciez de um material, por exemplo.

Um exemplo é o da empresa americana Dunkin’ Donuts, que há alguns anos, na Coreia do Sul, fez os passageiros de algumas linhas de ônibus passarem por uma deliciosa experiência de olfativa + auditiva. A fim de promover que a clássica loja das rosquinhas também tinha um café deliciosos, a cada vez que a propaganda da empresa era transmitida pelo rádio, um difusor de aromas com o aroma da bebida era ativado. Imagina isso no seu PDV?

Organização e sinalização

Outro aspecto importante é a sinalização e organização do PDV. Não adianta nada fazer ações sensoriais e merchandising se o ambiente não for organizado e os produtos devidamente precificados — aliás, falta de preço no produto é proibido por lei.

Portanto, é preciso sempre estar atento para que a sua marca seja exposta de forma a ajudar o consumidor a ter uma experiência fantástica. Displays colocados em locais que bloqueiam ou dificultam a circulação também devem ser eliminados. Propaganda boa é aquela que ajuda o consumidor.

Priorize o bom atendimento

Todas as técnicas acima só poderão funcionar plenamente e trazer resultados positivos se a equipe do PDV estiver pronta a atender bem a clientela. Portanto, quando necessário, envie materiais informativos e treinamentos (vídeos na internet podem ser ótimos aliados nessa hora) ensinando tudo sobre o seu produto ou serviço: materiais, formas de uso, diferenciais. Tenha em mente que o seu funcionário, geralmente, é a principal forma de contato do consumidor com a sua empresa e, por conta disso, ele deve passar credibilidade e estar ciente sobre os valores e cultura do negócio. Dessa forma, a equipe estará sempre pronta a ajudar o cliente a fazer uma opção consciente pela sua marca.

E você, o que faz para diferenciar sua marca dentro do PDV? Divida conosco nos comentários os seus exemplos, cases e dúvidas na hora de usar essas e outras estratégias para aumentar as vendas!

Posts anterior
Próximo Post

1 Comment

  • Reply
    Alex Terra
    2 de fevereiro de 2018 at 23:38

    Olá pessoal, ótimo post!

    Especialmente sobre o tema de sinalização, gostaria de reforçar também a necessidade de cumprimento de algumas normas do PROCON como tamanho das fontes, informações de parcelamento, etc., além é claro de usar o bom senso de deixar a informação o mais clara possível para os consumidores/shoppers.

    Outra dica é manter a padronização em todos os cartazes e demais sinalizações das lojas. O cliente acaba se identificando com sua marca apenas olhando os cartazes, principalmente no caso de redes com várias lojas.

    Se quiserem mais dicas de precificação no PDV, veja o blog PDV em Foco: http://www.pricefy.com.br/blog

    Um abraço!
    Alex

  • Leave a Reply