fbpx

Co- marketing: como dobrar a sua audiência através dessa estratégia

FreeShop
co-marketing
(Last Updated On: 4 de fevereiro de 2020)

Como sua empresa está se comunicando com o público e captando novos clientes? Essa deve ser uma pergunta constante, em qualquer nicho. Mesmo com as mudanças do mundo digital e o caminho do futuro do marketing, algumas práticas antigas continuam muito eficientes.

Como exemplo, existe o co-marketing, ou marketing de cooperação. Duas empresas atuam de forma cooperada com o objetivo de alcançar públicos semelhantes.

Você já ouviu falar sobre o co-marketing antes? Saiba detalhes sobre essa estratégia.

Afinal, que é co-marketing?

De forma resumida, o co-marketing acontece pela união de duas (ou mais) empresas que pensam em criar uma peça de conteúdo em conjunto. Com essa união de forças, as empresas conseguem ampliar o alcance da ação, com um custo reduzido, já que é diluído para as participantes e um reconhecimento maior pelo peso de marcas em conjunto.

Por exemplo, quando você se matricula em uma academia e ganha 10% de desconto para realizar uma consulta de nutrição em uma clínica. Perceba a parceria entre as duas empresas e que os produtos são vendidos de forma separada, um não depende do outro. 

Existe ainda o co-branding, que não deve ser confundido com o co-marketing. O co-branding é a união de 2 empresas para a criação de um produto e/ou serviço feitos em conjunto, onde as duas marcas são estampadas juntas. Um exemplo é a Apple que adotou a utilização de processadores da Intel na década de 2000.

Co-marketing na prática

Para a estratégia funcionar bem, sua empresa precisa estar atenta em alguns pontos considerados essenciais e o principal deles é a escolha da empresa parceira.

Antes de fazer a parceria com qualquer empresa, uma pesquisa deve ser feita, como qual a qualidade do produto/ serviço que ela oferece, sua imagem e reputação dentro do mercado, se o público alvo é o mesmo, se o produto realmente complementa o que você oferece e, principalmente: essa empresa não é sua concorrente direta.

No nicho do marketing promocional, é comum ver ações de patrocínio de empresas, no oferecimento de brindes em ações de co-marketing como em eventos corporativos, shows, palestras ou eventos esportivos.

Eventos se mostram a ocasião perfeita para conhecer parceiros em potencial e iniciar uma estratégia de sucesso.

Co-marketing no mundo digital

Estratégias de co-marketing em conteúdos digitais se tornam cada vez mais presentes. 

A prática denominada “Guest post”, onde blogs corporativos, que são autoridades em assuntos diferentes, mas que possuem como alvo uma mesma característica de público, publicam artigos indicando por linkagens o conteúdo da empresa parceira. 

Dessa forma enriquecem amplamente a área de conhecimento da persona. 

Escolhendo a empresa parceira

No tópico anterior introduzimos alguns cuidados necessários para a escolha da empresa parceira. Porém, além da qualidade dos produtos/ serviços oferecidos e a credibilidade, há outros pontos que devem ser levados em conta.

A audiência é outro ponto que deve ser analisado, isso pode ser feita com uma conversa com pessoas da outra equipe, analisar métricas e entender o comportamento da persona também ajuda na decisão final.

Como mencionado, o público alvo deve ser o mesmo, se isso não bater todas as estratégias não serão efetivas.

Powered by Rock Convert

É necessário que o um planejamento seja feito e nesse caso, as duas empresas devem entrar em um acordo e cumprir prazos. Empresas que não determinam datas e o que fazer, acabam se perdendo.

O essencial para o planejamento é ter um claro alinhamento de todas as informações e de todos os objetivos, de acordo com as necessidades de cada empresa dentro do co-marketing.

O foco da campanha será sempre o cliente, ou seja, é necessário saber o problema do lead e como as empresas podem resolvê-lo. A estratégia vai depender muito de cada nicho do mercado e de que público estamos falando.

Tudo isso deve ser feito com cuidado para que a cultura, ou identidade de sua empresa não seja afetada. Esse conceito é muito importante e vai representar quem são vocês dentro do mercado e por isso nunca deve ser esquecido.

Por isso, outra dica efetiva para o co-marketing é analisar qual a cultura da empresa escolhida, para que nenhuma das duas precisem abrir mão de suas principais características dentro da campanha.

Por exemplo, ler todos os conteúdos que a empresa já produziu pode ser interessante para comparar com o que você oferece para o seu público, é necessário perceber se a empresa utiliza de técnicas de SEO, e outros detalhes.

Benefícios da estratégia de co-marketing 

A vantagem de aproveitar a audiência de outra empresa, com o mesmo público-alvo, são diversas. Para exemplificar, conheça as que listamos para você.

Otimização do alcance

Assim como você tem sua a carteira de clientes e de potenciais prospectos, a empresa parceira também tem a dela. A troca, já mencionada anteriormente, permitem que essa base conheça o que você oferece através da parceria.

Por exemplo, quando a empresa manda um e-mail marketing, com algo assinado pela sua empresa, os clientes passam a saber da existência da sua empresa no mercado.

Redução de custos

 No material que citamos acima, por exemplo, os custos podem ser divididos em dois, isso gera uma economia e pode ser uma ótima alternativa para empresas que estão começando no mercado.

Lembrando que além de reduzir custos, o co-marketing pode dobrar a sua audiência.

Maior reconhecimento

Quando você está atrás de um produto ou serviço e algum amigo ou familiar te indica onde encontrar, você já vai com uma boa primeira impressão, certo? 

Justamente por isso estamos sempre pedindo boas referências e experiências para as pessoas ao nosso redor.

O mesmo acontece quando a sua empresa é apresentada por meio de uma indicação de parceria, podemos dizer que toda a credibilidade que aquela empresa tem no mercado, está sendo emprestada para você no momento.

Por isso é muito importante escolher empresas que realmente possuem essa credibilidade dentro do mercado, senão esse efeito pode ser negativo e o co-marketing vai atrapalhar e não ajudar nesse caso.

Lembrando ainda que sua marca também vai emprestar a credibilidade para outra empresa, por isso é preciso cuidar de todos os detalhes para que essas parcerias sejam atrativas para todos os lados, afinal, a empresa também vai analisar o que você tem para oferecer.

E você, já adotou esta prática em sua empresa? Comente abaixo o que achou deste artigo.

Posts anterior
Próximo Post

No Comments

Leave a Reply