fbpx

Entenda como o Marketing de Experiência pode ajudar sua empresa

Marketing Promocional
(Last Updated On: 29 de setembro de 2017)

A interação entre empresas e consumidores sofreu diversas modificações ao longo do tempo, principalmente com a chegada de novos meios de comunicação. Nesse cenário, surgiu o marketing de experiência, uma modalidade inserida no contexto do marketing 3.0, que inaugurou uma preocupação com os consumidores.

A essência dessa estratégia é oferecer as melhores experiências de compra e consumo para fidelizar o público e garantir uma boa divulgação de seus produtos e serviços. Afinal, um cliente satisfeito tem grandes chances de indicar a empresa aos seus pares.

Se você quer entender como funciona esse modelo de marketing, continue lendo nosso post e conheça detalhes sobre as estratégias utilizadas.

Quais são os tipos de experiência?

Como foi dito anteriormente, o que mobiliza as ações de marketing em questão é a ideia de oferecer boas experiências ao seu público. Neste sentido, há 5 categorias que podem ser exploradas:

Sentidos

Todos nós aprendemos na escola que o corpo humano apresenta 5 sentidos básicos. Quando se trata de marketing de experiência, é necessário aprender como utilizá-los a favor de uma marca.

É possível planejar uma playlist diferenciada ou criar um espaço de degustação de produtos. Outra atitude que pode ser tomada é projetar um ambiente atraente para uma loja. Estes são apenas três exemplos de como é possível estimular audição, paladar e visão para oferecer sensações exclusivas.

Sentimento

Mexer com o sentimento do consumidor de forma positiva é um tipo de ação de marketing de experiência. Nesse sentido, um atendimento personalizado e preocupado com as necessidades de seu cliente pode ser o que falta para cativar seu público.

Pensamento

Quando uma empresa propõe ideias inovadoras, isso reflete no modo de pensamento de seu público. Uma campanha que estimule a reciclagem, por exemplo, pode ter como retorno um aumento do número de pessoas preocupadas com o meio ambiente.

Ação

As experiências ligadas à ação são aquelas que exigem a participação do público para acontecer. Por causa disso, elas costumam ser interativas e são mais comuns no mundo offline, como disponibilização de jogos ou vídeos de realidade virtual.

Identificação

Os valores promovidos por uma marca geram uma relação de identificação com o público, acarretando na fidelização dos clientes. Afinal, ao descobrir que determinada empresa defende os mesmos princípios que você, há grandes chances de dar preferência a ela.

Quais são os 3 Vs do Marketing de Experiência?

Para melhor direcionar as ações de marketing de experiência, foram definidos passos que devem ser seguidos, os quais ficaram conhecidos como os “Vs”. Com o objetivo de explicar como eles funcionam, nós listamos os três abaixo:

1. Verdade

Esqueça as mentiras dos contos de fada e as promessas extravagantes. Para essa modalidade de campanha, o que importa são as experiências baseadas na verdade.

Sabendo disso, quanto estiver planejando uma campanha, baseie-se na realidade e só faça promessas que podem ser cumpridas. Dessa forma, sua empresa tem mais chances de oferecer uma boa impressão para seus consumidores e de conquistar a confiança deles.

2. Vontade

A campanha lançada precisa ser atraente para conseguir despertar a vontade do público para aderir às ações. Falamos isto porque o marketing de experiência exige um engajamento, já que os participantes não são meros espectadores passivos, mas atores com um papel definido.

Por isso, é fundamental apostar em ideias inovadoras e que ofereçam uma experiência única e inigualável para despertar o interesse e garantir a participação.

3. Valor

 Este V tem relação direta com o processo de fidelização do consumidor, já que pretende promover a identificação deste com a marca. De acordo com este princípio, é de suma importância acrescentar algo positivo ao cliente para gerar empatia e conquistar a preferência.

Para tanto, é necessário definir os valores da empresa pensando em quem é seu público-alvo e planejar toda sua comunicação de forma coerente. Se uma marca se apresenta como sustentável, por exemplo, pode utilizar material reciclável em seus pontos de venda e oferecer produtos retornáveis ou biodegradáveis.

Como investir em marketing de experiência?

Trabalhar o marketing de experiência exige certo tempo e dedicação. Isso acontece porque ele não se resume a ações pontuais, mas a um conjunto de atitudes para modificar a comunicação, reformar pontos de venda e até mesmo repensar os valores da marca. Se você quer começar a investir nesta modalidade, veja abaixo 3 práticas que podem ser adotadas para começar a utilizá-la agora mesmo:

1. Reformule seu ponto de venda

Muitas empresas encontram uma posição confortável e esquecem de fazer reformulações em seus pontos de venda ao longo do tempo. Esse tipo de atitude é um erro, pois é necessário se atualizar para acompanhar a evolução do mercado.

Sabendo disso, a dica é adaptar seus pontos de venda ao estilo dos seus produtos e, principalmente, de seus consumidores. Um exemplo é a Livraria Cultura, que conta com uma estrutura que permite ao consumidor sentar para ler e passar seu tempo livre nas suas dependências.

2. Pense fora da caixa

A palavra da vez é “inovação” e ela já mostrou que veio para ficar. No mundo do marketing de experiência, ela é um imperativo, pois sem inovar em seus produtos e serviços você não consegue atingir seus objetivos finais.

Por causa disso, a dica é deixar a criatividade fluir e sair do lugar comum para atrair a atenção de seu público-alvo e convidá-los a participar de suas ações. É como diz o ditado: “quem não arrisca não petisca”.

3. Tenha um bom relacionamento com seus clientes

Manter uma boa relação com seus clientes é uma parte importante desse processo. Para tanto, utilize as ferramentas de relacionamento online, como as redes sociais, e offline, como um atendimento personalizado nos pontos de venda.

Pensando em estreitar o relacionamento, muitas empresas hoje em dia utilizam uma linguagem informal e mais próxima do seu público. Um exemplo de destaque é a Lola Cosméticos, que conquistou uma legião de fãs se tornando uma amiga virtual de suas consumidores. Outra empresa que podemos citar é a Netflix, que aposta no bom humor para se aproximar de seus assinantes.

Quais são os benefícios?

Apostar no marketing de experiência é um processo que até pode demorar para mostrar seus resultados, mas os benefícios colhidos fazem valer a pena o esforço. Com ele, você promove o engajamento do público em suas ações e age diretamente no lado emocional dessas pessoas, o que é um passo adiante no sentido de cativá-las.

Dessa forma, sua empresa garante a satisfação de seus clientes, que se tornam fieis à marca e ainda podem promovê-la para seus conhecidos e familiares, ampliando sua divulgação de maneira orgânica. Consequentemente, o último estágio desse processo é retorno financeiro, graças ao aumento do número de vendas.

Agora que você já conhece o marketing de experiência e quais seus benefícios para seu negócio, que tal aprender um pouco mais sobre o assunto? Leia nosso post Experiência do usuário: entenda por que investir nisso?.

 

Posts anterior
Próximo Post

No Comments

Leave a Reply