fbpx

Merchandising no ponto de venda: como superar os 5 maiores desafios

PDV
(Last Updated On: 16 de dezembro de 2016)

Quem nunca entrou em uma loja só para “dar uma olhadinha” e acabou comprando algo que sequer precisava? Acredite: embora pareça uma atitude consumista, esse tipo de postura é muito mais comum do que você imagina, e só reforça a importância da correta utilização das técnicas de merchandising no ponto de venda.

Segundo estudo realizado pelo Point of Purchase Advertising Institute, o Brasil é o país com o maior índice de decisão de compra no PDV: aqui, 85% dos brasileiros decidem o que comprarão apenas quando já estão na loja.

Além de influenciar a decisão de compra do consumidor e otimizar as vendas a partir da disposição dos produtos, é no ambiente da loja que o cliente tem a oportunidade de experienciar e interagir com a marca. Para que essa experiência não seja negativa ou absolutamente neutra, contudo, é preciso fugir do óbvio e inovar.

Por isso, elencamos 5 desafios do merchandising no ponto de venda e preparamos uma série de dicas para superá-los com criatividade. Confira!

Despertar a atenção do cliente

Quem nunca foi atraído por uma vitrine bem montada ou por uma adesivagem anunciando uma grande promoção, que atire a primeira pedra! Por mais que o ditado popular nos ensine a não julgar um livro pela capa, a verdade é que o cliente só demonstra interesse pelo produto e efetua a compra quando o ambiente de loja mostra-se capaz de chamar a sua atenção.

Para dar visibilidade à sua marca, o primeiro passo é entender quem é o seu cliente e o que realmente é importante para ele. Se o que o seu público busca é preço baixo, por exemplo, de nada adianta investir em um ambiente de loja com luzes baixas e decoração requintada: em vez de atrai-lo, você acabará assustando aquele consumidor que não está disposto a gastar muito.

Em seguida, é hora de partir para o design e cuidar de todo o ambiente de loja: da fachada à decoração interna. Uma boa dica é pesquisar outras referências e buscar inspiração em marcas que conseguiram ter sucesso no ponto de venda.

Posicionar a marca

Outro grande desafio do merchandising no ponto de venda diz respeito ao posicionamento da marca, já que é no ambiente de loja que esta se posiciona perante os seus clientes.

Para transmitir credibilidade e agregar valor à sua empresa, use o visual merchandising, e abuse das ferramentas de comunicação visual. Mais uma vez, é o primeiro passo é conhecer a fundo o seu público. Em seguida, é hora de se atentar a aspectos como:

Melhores Mochilas para Brindes
  • Cores: a paleta de cores é fundamental na definição da identidade da sua marca. Uma empresa inovadora e jovem, por exemplo, dificilmente utilizará cores como o cinza e o azul marinho. Uma instituição conservadora, por outro lado, também não deve apostar em cores como o laranja e o roxo.
  • Tipografia: assim como acontece com as cores, a tipografia também diz muito sobre a essência de uma marca. Uma empresa de construção não deve usar fontes arredondas e instáveis, já que o que se quer transmitir é solidez e estabilidade. Em contrapartida, uma agência de publicidade deve evitar tipografias demasiadamente “duras” e retas.

E lembre-se: é fundamental manter a consistência! De nada adianta mudar o visual da sua marca a todo instante e esperar que o cliente seja capaz de reconhecê-la e confiar nela.

Fugir do óbvio

Uma boa dica para quem deseja fugir do óbvio e inovar, é apostar nas tendências de marketing no PDV!

Utilizando-se do marketing sensorial, por exemplo, é possível conquistar a atenção do cliente e conduzi-lo à compra de forma quase que inconsciente. Mais do que uma compra, a ideia é envolver os cincos sentidos do cliente numa experiência prazerosa.

Outra tendência igualmente interessante é o marketing de experiência. Ela consiste, basicamente, em associar momentos únicos e exclusivos à marca. Os benefícios são tantos que é cada vez mais normal ver empresas  investirem milhões no patrocínio e realização de ações institucionais, em eventos de grande porte — inclusive, vale a pena dar uma olhada nos cases do Rock In Rio!

Gerar interação

Levar o cliente a interagir com a sua marca é outro grande desafio do merchandising no ponto de venda. É a interatividade, afinal, que torna a compra intuitiva e muito mais divertida para o consumidor.

Abaixo, confira três dicas infalíveis de como gerar interação no PDV:

  • Convide o consumidor à ação: a partir da utilização de infoshades e até mesmo de adesivos de chão é possível tornar o ponto de venda muito mais divertido e convidativo. Pegadas espalhadas pelo chão seguidas de uma frase provocativa, por exemplo, já pode ser o bastante para conduzir o cliente por determinado percurso e fomentar a compra. Mas, lembre-se: para que a ação funcione é preciso ser claro na chamada à mesma.
  • Transforme a compra em um verdadeiro jogo: cada vez mais comum, a gamificação do ponto de venda pode ser uma excelente forma de promover a interação. Que tal espalhar pistas pelo ambiente de loja e transformar aquela simples degustação em uma caça ao tesouro? Com certeza, seu consumidor gostará bem mais.
  • Recompense o cliente pelo seu engajamento: outra forma pra lá de eficaz é a distribuição de brindes e recompensas para os clientes mais engajados! Afinal, quem não gosta de se sentir presenteado?

Vender

Convenhamos: de nada adianta inovar e não vender, não é? Por isso, tenha sempre em mente que o merchandising no ponto de venda deve ajudar você e a sua marca a venderem mais!

Para tanto, invista na exposição dos produtos como forma de otimizar as vendas. Lembre-se de considerar a linha de visão do cliente, apelar para o visual e caprichar na vitrine.

Outra dica igualmente importante é apostar na frente de caixa para vender mais. Se bem utilizada, essa nobre área do PDV pode ser uma verdadeira arma a favor da conversão – principalmente em se tratando de compras por impulso.

Gostou das nossas dicas sobre merchandising no ponto de venda? Então, não se esqueça de deixar a sua opinião nos nossos comentários!

Posts anterior
Próximo Post

No Comments

Leave a Reply