5 tendências do visual merchandising que você deve ficar de olho

PDV

O visual merchandising é um elemento importante e apelativo para conquistar os clientes. A disposição de itens na vitrine de uma loja ou em um stand tem o poder de fazer com que uma pessoa passe direto ou pare para dar uma olhadinha.

Assim como boa parte das ações do mercado, ele também possui algumas tendências que devem ser consideradas. Ao aplicá-las, é possível ficar em dia com o que faz sucesso e obter os melhores resultados.

A seguir, veja quais são 5 das tendências nas quais é importante ficar de olho!

1. Decoração sustentável

Em um mundo em que a sustentabilidade é um fator cada vez mais discutido, o visual merchandising também tem sido afetado. Com o objetivo de adotar uma postura ambientalmente positiva, muitas empresas vêm aplicando uma pegada mais sustentável em suas apresentações.

O uso de materiais reciclados — como pallets na forma de nichos — e de objetos com um novo propósito são possibilidades comuns. Cordas como cabides e bicicletas antigas como apoios também aparecem.

2. Elementos naturais

Outra tendência que vem com tudo é a aplicação de elementos naturais. Cada vez mais as vitrines aparecem com itens encontrados na natureza, que dão a elas um toque diferenciado. O uso de flores e plantas — como, por exemplo, os cactos — tem sido cada vez mais presente.

Da mesma forma, a aplicação de peças de madeira, cestos de palha e arbustos ajuda a completar essa pegada mais voltada para a natureza. Essa abordagem dá frescor à organização e atrai mais facilmente possíveis interessados.

3. Iluminação em LED

A iluminação tem ganhado cada vez mais importância nesse sentido. Ela serve para destacar as peças, valorizar certos pontos e garantir que a mensagem certa seja transmitida a quem passa.

Novamente pensando no conceito de sustentabilidade, é necessário investir em opções econômicas e duráveis — e é aí que entra o LED. Com as novas tecnologias, esse tipo de lâmpada também assume várias cores.

Essa tendência é perfeita para um visual mais moderno, assim como para criar versatilidade — basta mudar as cores ou formas e uma disposição diferente está pronta.

4. Manequins com personalidade

Já se foi o tempo em que os manequins eram peças retas e sem graça. Mais do que nunca, hoje eles possuem personalidade e estilo, gerando identificação por parte de quem vê.

Será cada vez mais comum vez manequins em posições diferentes, inclusive aquelas que mais valorizem as peças em questão.

Cores e disposições em grupo diferenciadas também entram nessa conta e mesmo o uso de opções sem rosto não está descartado. Assim, dá para fugir do padrão de manequim em pé ou sentado e sem expressão.

5. Interação digital

Já que o mundo está mais conectado do que nunca, o visual merchandising vem acompanhando essas mudanças. A interação digital tem sido favorecida nas novas opções, garantindo que o cliente não apenas veja, mas também sinta a experiência.

A presença de QR Codes, o incentivo ao uso de hashtags e o próprio estímulo à integração com as redes sociais — como o Instagram ou o Pinterest —, estão entre os fatores mais comuns. Para um futuro breve, a tecnologia virtual (VR) não está descartada, e o seu aproveitamento poderá surpreender.

Aplicando  corretamente essas tendências de visual merchandising, o resultado final será mais atraente e oferecerá efeitos ainda melhores. Que tal compartilhar esse post nas redes sociais e deixar mais gente sabendo do assunto?

 

 

Posts anterior
Próximo Post

No Comments

Leave a Reply