fbpx

Saiba mais sobre a importância do branding para e-commerce

Marketing Promocional
(Last Updated On: 11 de maio de 2017)

A lealdade dos consumidores é algo cada vez mais difícil de alcançar na era digital, que possui clientes cada vez mais exigentes e já conta com milhões de sites de vendas espalhados pelo mundo. Mas existem formas de conquistar uma base forte de compradores, e uma delas é por meio do branding para e-commerce.

Se você chegou aqui, já tem alguma ideia sobre a importância do branding, certo? Porém, se você quer saber ainda mais, entender de fato o funcionamento dessa técnica e conhecer 5 de suas melhores estratégias, acompanhe este post até o final e te contaremos tudo!

O que é branding e como ele funciona

O papa do marketing, Philip Kotler, definiu o branding como “dotar bens e serviços com o poder de uma marca”. Segundo ele, o branding deve criar estruturas mentais e ajudar o consumidor a organizar seus conhecimentos. O objetivo das ações é ajudar o cliente a tomar uma decisão mais clara e, consequentemente, gerar valor à empresa.

Em outras palavras, o branding é o trabalho de construção e gerenciamento de uma marca que pode ser aplicado a produtos, serviços, pessoas, eventos e ideias. Por meio de ações e estratégias, os consumidores são convencidos de que existem diferenciais significativos entre as marcas que oferecem um mesmo produto.

Os principais benefícios do branding são a melhora no reconhecimento da marca, construção de credibilidade e confiança, melhor retorno financeiro, engajamento dos colaboradores, vantagem competitiva, entre outros.

A importância do branding para e-commerce

Atuar em um mercado tão competitivo como o brasileiro exige diferenciação e ações para fazer com que o cliente confie na sua marca. Bons preços, ótimas formas de pagamento e fretes gratuitos nem sempre são garantia quando fazemos uma compra. Por isso, definir táticas de branding para sua loja virtual o ajudará a se destacar da concorrência.

A estratégia de branding para e-commerce é uma ferramenta poderosa de marketing, além de uma técnica de retenção de clientes necessária não só para novas empresas como para comércios virtuais já estabelecidos.

Os pequenos negócios de e-commerce também devem utilizar essa ferramenta que, ao contrário do que muitos pensam, não custa caro e pode ser aplicada de maneira simples.

Mas antes de começar, é importante entender seu próprio negócio para não cometer nenhum erro de branding. Assim, faça um exercício de brainstorm e tente responder algumas perguntas como: O que seus atuais consumidores pensam sobre seu negócio? Quais valores você quer que seus consumidores associem à sua empresa? Seu e-commerce tem uma missão e visão definidas? Depois de responder, definir sua estratégia ficará bem mais fácil.

5 estratégias de branding para adotar no seu e-commerce

Diversas ações e estratégias são necessárias para a construção de uma imagem positiva da sua loja virtual. Elas envolvem desde experiências de compra personalizadas, estudo do público e entrega dos produtos até a pós-venda e o suporte. Confira 5 opções fundamentais agora:

1. Invista em ações de marketing de performance

Essas são ações imprescindíveis para o branding do seu e-commerce. Dê atenção à infraestrutura e ao funcionamento do site para garantir uma boa experiência de navegação ao usuário, e as chances dele retornar para compras futuras serão bem maiores.

Invista também em comparadores de preços, Google AdWords, retargeting e outros métodos que achar interessante. Não se esqueça de que essas ações devem ser automatizadas para que você não perca o controle e possa fazer alterações necessárias sempre que precisar.

Você pode aliar a performance com o trabalho de branding ao fazer uma campanha em um site comparador de preços, por exemplo. Além de oferecer seu catálogo de produtos para a pesquisa dos usuários, você também pode disponibilizar banners e/ou backgrounds para deixar seus produtos expostos nas áreas de destaque do site.

O principal objetivo dessas ações é trazer o cliente para perto da sua marca e, a partir daí, iniciar um trabalho para que ele tenha uma experiência diferenciada.

2. Conheça seu público

Para criar relacionamento e gerar engajamento com o público, é preciso entender quais são seus hábitos, comportamentos, necessidades e preferências. Dessa forma, passe a enxergá-los não apenas como consumidores, mas como amigos.

Construa uma linguagem adequada para falar com eles e ofereça produtos e serviços no momento certo. Isso com certeza criará um laço de confiança e credibilidade que fará toda a diferença na retenção dos clientes e construção do branding do seu e-commerce.

3. Ofereça experiências personalizadas

Ao conhecer seu público, você passa a conhecer também seus gostos e descobre como pode surpreendê-lo positivamente por meio de experiências personalizadas.

A entrega é um dos melhores momentos para surpreender seus clientes. Se você vende camisetas, por exemplo, colocar o produto em uma caixa personalizada com uma nota escrita à mão para seu cliente pode ser uma boa ideia. Ou então, que tal enviar brindes exclusivos para ele?

Outra opção é oferecer a instalação do produto no momento da entrega ou orientações ao consumidor sobre o uso correto da mercadoria. Esse tipo de ação tem muito apelo comercial e pode resultar na fidelização dos clientes, além de ser uma ótima oportunidade para divulgar que sua marca oferece o serviço mais completo possível.

4. Agradeça aos clientes por comprarem na sua loja virtual

Há diversas formas de agradecer aos consumidores por escolherem comprar no seu e-commerce. Você pode doar uma porcentagem do lucro das vendas a alguma instituição de caridade, ou ainda criar um programa de fidelização que ofereça benefícios exclusivos para os clientes recorrentes, como descontos, amostras e produtos gratuitos, entre outros.

Essa é uma ação que não apenas diferencia sua marca no mercado, mas também pode conquistar um cliente para toda a vida.

5. Realize o pós-venda e ofereça um bom suporte

Atendimentos puramente automáticos não têm mais vez. O consumidor precisa saber que você está próximo dele, e a melhor maneira de deixar isso claro é ter um time de suporte para personalizar o atendimento, seja por telefone, e-mail ou redes sociais.

Então, crie uma linguagem própria que possa ser adaptada para cada canal de comunicação e evite informações desconexas. Aproveite a proximidade com o consumidor para investir no seu relacionamento com ele e estimule-o a compartilhar suas experiências positivas no site ou nas redes sociais – de preferência, bonificando-o por isso.

Por fim, invista em e-mails marketing que ofereçam informações valiosas e produtos que são a cara do seu cliente. O segredo é manter contato e não deixá-lo esquecer que sua loja estará sempre disposta a atendê-lo da melhor forma possível.

Agora que você já sabe a importância do branding para e-commerce e as melhores formas de aplicá-lo, confira nosso post sobre as 7 estratégias de branding fundamentais para o seu negócio e comece a vender sem medo de errar!

 

 

Posts anterior
Próximo Post

No Comments

Leave a Reply