Como fazer trilha? Os segredos que todo iniciante precisa saber!

Brindes

Fazer trilha tem sido uma opção de hobby para muitas pessoas que gostam de estar em contato com a natureza. Ideal para qualquer idade, o trekking (significa seguir um trilho) estimula a capacidade de planejamento e trabalho em equipe e traz inúmeras vantagens para a saúde física e mental, pois a prática desse esporte, além de causar bem-estar, alivia o estresse, fortalece a musculatura e aumenta a capacidade cardiovascular do praticante.

Contudo, para começar a praticar o trekking é necessário preparação física, sobretudo, equipamentos adequados para o esporte. Por isso, no artigo de hoje você vai aprender como fazer trilha, além de conhecer algumas opções de destinos que pode inserir na sua agenda. Vamos lá?

Faça uma avaliação física

Por mais que fazer trilha seja indicado para todas as pessoas (independentemente da idade e condicionamento físico), antes de praticar qualquer atividade física é importante fazer uma avaliação para verificar seu estado de saúde — mesmo que pareça fácil sair andando —, pois você precisa ter em mente que essa atividade exigira muito esforço físico.

Entenda sua limitação

Fez a avaliação física? Agora é o momento de você reconhecer o seu corpo e respeitar os limites dele. Para isso, existem trilhas com diversos graus de dificuldade, entretanto, para quem está iniciando é ideal começar por trilhas curtas e com baixo grau de dificuldade.

Contrate um guia

Contratar um guia pode parecer algo dispensável, principalmente quando se está em equipe, porém, devido à falta de experiência, contar com a ajuda de um profissional pode fazer a diferença para que esse momento seja o mais agradável possível. Alguns problemas, como ficar perdido e até mesmo as chances de acidentes, podem ser evitados.

Invista em equipamentos

Para praticar o trekking com o máximo de segurança e conforto, independentemente da duração, do período do ano ou do local, é essencial escolher os equipamentos adequados para essa atividade.

Vestuário

Evite tecidos de algodão, procure por roupas de tecidos leves feitas com materiais sintéticos mais resistentes e impermeáveis. Você pode usar, por exemplo, uma camisa com manga longa, calças trekking e carregar com você um casaco anorak (casaco corta vento). O mesmo vale para as meias e a bota: escolha a específica para essa atividade.

Acessórios

Documentos pessoais, cantil, isqueiro, relógio, lanterna, canivete, saco de lixo, boné, mapa e cloro (necessário para situações em que não tem água potável e é preciso tratar a água de poços ou rios) são alguns dos itens básicos para compor a sua mochila.

Para situações de emergência:

  • kit de primeiros socorros;

  • cobertor aluminizado;

  • spot gen3 — é um rastreador pessoal que envia mensagens de ajuda em situações de emergências em qualquer lugar. Por meio dele sua localização é compartilhada e centrais de emergência são acionadas.

Cuide-se

Além da exposição constante a temperaturas de frio e calor, ainda é necessário lidar com o desgaste físico. Por isso, é muito importante que você se prepare antes e durante a trilha. Se sentir cansaço, dê um tempo ao seu corpo, faça alongamentos e mantenha-se hidratado. Leve com você barras de cereal, maltodextrina em gel e castanhas.

Conheça alguns destinos para fazer trilha

Monte Roraima – RR

Localizada entre as fronteiras do Brasil, Venezuela e Guiana Inglesa, esse é um dos pontos mais altos do país. Contudo, é considerada de nível médio-difícil, tornando-se um dos lugares mais procurados para fazer trilha.

Chapada dos Guimarães – MT

Águas azuis e cristalinas, cavernas, paredões e cachoeiras são razões suficientes para fazer da Chapada dos Guimarães um lugar fascinante para fazer trilha.

Cordilheira Branca – Peru

Considerada um dos lugares mais bonitos do mundo, a Travessia Santa Cruz-Llanganuco, na Cordilheira Branca, é indicada para quem gosta de se sentir desafiado pela natureza.

Kumano Kodo – Japão

Diferentemente das demais trilhas que têm a natureza como foco principal, a Kumano Kodo é uma trilha espiritual que permite você visitar três templos importantes: Hongu Taisha, Hayatama Taisha e Nachi Taisha.

Agora que você já sabe como fazer trilha, já escolheu qual destino seguir? Se você gostou do nosso artigo e quer ter mais informações, basta nos seguir no Facebook, no Twitter, no Instagram e no YouTube. Até a próxima!

Posts anterior
Próximo Post

No Comments

Leave a Reply