fbpx

Isso te lembra alguma coisa?

(Last Updated On: 9 de setembro de 2014)


Quem não se lembra do “Baixinho da Kaiser” José Valien Royo que fez sucesso nos anos 80 e por muitos anos foi o garoto propaganda da cerveja, no qual aparecia nos comerciais com sua famosa boina e seu bigode clássico, sempre rodeado por belas mulheres? E dos “Palitos Premiados da Kibon”? Lembro-me que eu comprava o sorvete e torcia para ganhar outro, e quanto mais eu ganhava, mais eu comprava o sorvete, o slogan era: “Achou! Ganhou!”.

Eles estão de volta, porém o ex “Baixinho” agora é o “El Bigodon” personagem criado para divulgar a tequila mais vendida no México “El Jimador”. É impossível não se lembrar dos comerciais da Kaiser, que ele protagonizou por tantos anos, o formato é o mesmo: belas mulheres, seu famoso bigode e o que mudou? No lugar da sua boina temos um típico chapéu mexicano e ao invés da cerveja temos tequila.

Melhores Mochilas para Brindes

https://www.youtube.com/watch?v=OaZicDDNMXs&oref=https%3A%2F%2Fwww.youtube.com%2Fwatch%3Fv%3DOaZicDDNMXs&has_verified=1

A Kibon traz de volta os palitinhos, e ao invés de te presentear com outro sorvete, te presenteia com frases como esta: “Dinheiro não compra Felicidade, mas compra Sorvete, que é quase a mesma coisa”, no intuito de tornar o dia melhor, e mais gostoso, a partir de agora você não esta consumindo somente um sorvete esta consumindo Felicidade.
Até que ponto é favorável à marca se utilizar de slogans ou pessoas que já tem um estigma ligado a outro produto?

Ao ver o “El Bigodon”, a Kaiser é sempre a primeira marca a ser lembrada. A Kibon oferecendo o sorvete como uma experiência que traz felicidade remeteu ao atual slogan da Coca-Cola “Abra a felicidade”. Então, a dúvida fica no ar: Esse tipo de propaganda acaba por ajudar ou não na divulgação das marcas que estão ligadas com essas pessoas e slogans?

Leave a Reply