fbpx

Entenda o que é neuromarketing e como utilizá-lo na sua empresa

(Last Updated On: 22 de maio de 2018)

O que é neuromarketing? Trata-se da nova ciência do comportamento do consumidor, alinhando três áreas do conhecimento — neurociência, psicologia e marketing — para entender profundamente o processo de tomada de decisão relacionado ao consumo.

Essa ciência decodifica os processos que ocorrem na mente do consumidor e que se encontram em seu subconsciente, muitas vezes direcionando a compra sem que o indivíduo perceba.

Ficou interessado em saber mais sobre o que é neuromarketing e como aplicá-lo? Continue lendo e entenda a respeito!

Como funciona o neuromarketing

Durante pesquisas ou entrevistas, as pessoas geralmente não são capazes de descrever com exatidão seu processo cognitivo e tendem a distorcer o que sentem quando são observadas.

As técnicas de neuromarketing surgiram como uma alternativa para avaliar quais são realmente as percepções externas que influenciam o cérebro durante o processo de compra e como elas afetam a decisão do consumidor.

Com o neuromarketing, é possível localizar as áreas estimuladas no cérebro do consumidor ao ser exposto a um produto ou anúncio. Quando ele reage, a máquina detecta as áreas cerebrais ativadas, além de analisar suas expressões faciais, dilatação das pupilas e batimentos cardíacos.

O cérebro é formado por três partes: uma responsável pelo pensamento, outra pelos sentimentos e uma que toma decisões. O neuromarketing analisa como essas três partes se relacionam no processo de tomada de decisão de compra.

Como desenvolver ações com base no neuromarketing

O neuromarketing estuda os processos cognitivos no processo de compra, fornecendo informações estratégicas para elaboração e implementação de ações eficientes de marketing, como é mostrado a seguir:

Precificação

Para Kotler, estudioso da área de marketing, o preço influencia no processo de compra do consumidor.  Para algumas pessoas, gastar dinheiro — independentemente do valor — significa abrir mão de algo, e isso causa um mal-estar, um sofrimento. Mas existem maneiras de reduzir a resistência na hora de gastar.

Por exemplo: “Compre agora e pague depois”. Essa estratégia demonstra confiança no consumidor, ao permitir que ele tenha um prazo para efetuar o pagamento. Além disso, ele tem a sensação de que não está gastando muito no momento e alivia a dor.

Melhores Mochilas para Brindes

Outra estratégia é utilizar o número 9. A tendência em comprar um produto que termine com esse número é maior, mesmo que o produto seja mais caro. Muitas empresas já implantaram essa tática com sucesso.

 

Cinco sentidos

A maioria das nossas decisões de compra é baseada em nossos sentidos. Não é à toa que as grandes redes de fast food adotam a cor vermelha em seus logotipos, embalagens e espaços físicos.

Cada cor ativa partes diferentes do nosso cérebro. Podem transmitir sensação de prazer, calmaria, paz e agitação. A cor vermelha ativa as áreas que estimulam o consumo, muitas vezes por impulso.

Nós temos uma grande capacidade de perceber e identificar as coisas pelo cheiro e relacioná-las com memórias. Unir olfato e visão amplia as chances de comprar, pois esses sentidos ativam os gatilhos mentais que nos fazem lembrar de compras passadas.

Você pode explorar os sentidos de várias maneiras. Seja no jogo de cores no PDV, na oferta de degustações, som ambiente, design do produto, na possibilidade de tocar o produto ou aromatizando o ambiente.

Vantagens extras

Oferecer vantagens, como brindes personalizados e prêmios, faz com que as pessoas se sintam mais valorizadas, ativando as áreas cerebrais de prazer e felicidade. Isso resulta no incentivo à repetição de compras ou visitas à loja.

Conceder vantagens extras fideliza os clientes e faz com que se sintam únicos. Ao oferecer brindes, pense em sua utilidade e de que forma pode ajudar na divulgação da sua empresa. Ao personalizar o brinde, você demonstra cuidado e carinho para com o cliente. Essa estratégia estreita o relacionamento da sua empresa com os consumidores.

O neuromarketing tem alterado o relacionamento entre empresas e clientes, sendo útil na compreensão do processo de compra e auxiliado as empresas nas estratégias de marketing.

Agora que você sabe o que é neuromarketing, já está pronto para rever suas estratégias e melhorá-las. Compartilhe este texto nas redes sociais e ajude seus amigos a dominarem o assunto!

 

Leave a Reply