fbpx

Por que a identidade visual do seu evento corporativo é tão fundamental?

(Last Updated On: 17 de dezembro de 2019)

Feiras, congressos, palestras, convenções ou painéis: independentemente da modalidade, uma ação corporativa precisa ter algo que a diferencie das demais. Por isso, criar uma identidade visual para eventos é importante na hora de estimular o relacionamento com o público e se destacar da concorrência.

Tanto para a empresa organizadora quanto para os seus parceiros, uma estratégia de comunicação bem planejada ajuda a fixar sua marca de forma positiva em longo prazo. O grande segredo está em alinhar tudo com a temática do projeto, na intenção de valorizar a experiência final.

Ficou curioso? Vamos nos aprofundar no tema e mostrar os principais motivos que tornam a identidade visual do seu evento corporativo tão importante. Continue a leitura e confira!

Cria um diferencial para o evento

Ao planejar a definição da marca do evento, é comum a ideia de usar a logo da empresa. Essa não deixa de ser uma prática válida, mas, como cada projeto corporativo tem características e objetivos próprios, nada mais justo do que ter uma marca exclusiva que o torne diferenciado.

Obviamente, a logo da sua empresa não deve ser ignorada, até porque é preciso haver uma associação entre o evento e a sua marca. A melhor solução envolve fazer adaptações suficientes para que os participantes identifiquem, por meio dela, a mensagem e o diferencial na concepção da ação.

Esse é o caso, por exemplo, do Prêmio Profissionais do Ano, organizado pela Rede Globo. Esse evento, voltado para o mercado publicitário, tem, em sua logo, uma adaptação da marca tradicional da emissora de TV.

O fato de essa premiação ter uma identidade própria reforça o conceito da proposta para seu público-alvo: premiar os talentos da publicidade nacional. A associação ocorre com o uso da imagem da emissora, o que reforça a credibilidade e outros aspectos inerentes ao evento e à organizadora.

Preserva um padrão de identificação

Ao criar a logo, deve-se pensar nas suas múltiplas formas de adaptação. Estamos falando mais especificamente dos materiais promocionais e de suporte, que deverão ter a marca impressa ou associada por identificação.

Desse modo, flyers, convites, ingressos, peças digitais, uniformes, banners, totens, placas, brindes corporativos e outros itens que compõem a estrutura devem manter a unidade visual do evento. Nem todas essas peças precisam ter a marca impressa, porém é importante conter elementos que facilitem a ligação com a identidade do tema apresentado.

Essa combinação pode ser feita, por exemplo, usando as cores predominantes ou a tipografia-padrão do evento. Pense na identidade visual dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Apesar de não ser algo corporativo, vale tomar como exemplo para facilitar a compreensão.

Se pensarmos bem, faria pouquíssimo sentido a organização dos jogos promover seus materiais de divulgação privilegiando cores como o preto e o marrom, por exemplo. Afinal de contas, elas são fora de contexto e não têm associação alguma com os tons da própria marca.

Utiliza o poder de influência das cores

Já que falamos em cores, vamos seguir com esse elemento super importante. Nesse caso, não entraremos no mérito do padrão visual, mas no da influência que as cores exercem nas percepções e atitudes dos participantes de um evento.

Alguns estudos, por exemplo, apontam as diferenças entre as sensações e reações causadas pelas cores quentes e frias nas pessoas. As quentes, como vermelho, rosa, amarelo, verde-claro e laranja, estimulam entusiasmo, felicidade, energia e agitação. Já as cores frias, como azul, roxo e verde-escuro, transmitem a sensação de calma, segurança, profissionalismo e tranquilidade.

Logo, é normal ver mais as cores quentes em eventos corporativos festivos, como confraternizações; enquanto as cores frias fazem mais sentido quando aparecem em eventos com propostas formais, como palestras e workshops.

Dentro desse contexto, você precisa pensar no que mais se encaixa com a proposta do evento no momento de gerar confiança. Não importa qual seja, no fim das contas, o objetivo do evento — criar um relacionamento em longo prazo com o participante se mostra sempre como uma cereja no bolo dos resultados.

Azul-escuro

A harmonização dos tons usados na identidade visual deve passar uma mensagem clara ao público, e isso deve ser transmitido de acordo com a psicologia das cores de maneira geral. Como cada tonalidade traz uma sensação única, o grande diferencial está em investir em algo que tenha a ver tanto com a logo da empresa quanto com o perfil dos participantes.

Em uma situação como essa, o azul-escuro é uma boa sugestão para ganhar credibilidade. Pare e pense por um segundo: qual é a cor do Facebook e Twitter? A mistura de azul com branco passa automaticamente a impressão de algo tranquilo e, ao mesmo tempo, responsável.

Saiba que, em um ambiente decorado, por exemplo, o azul passa a mensagem de que a organização se preocupou com cada detalhe na hora de agradar os participantes. Dessa maneira, dê prioridade ao tom durante a montagem do material, porém evite excessos. Isso, porque, quando a empresa perde a mão, o efeito pode ser oposto. Em alguns casos, um quarto completamente azul-escuro acaba trazendo a percepção de tristeza e melancolia.

Ou seja, é preciso ter bom senso na escolha da cartela para trazer vivacidade na medida certa. Além disso, pense também no local e iluminação do evento, bem como no público participante e suas preferências por determinadas cores.

Destaca os patrocinadores e parceiros

Quando o evento corporativo tem a participação direta de outras marcas, é importante dar destaque à presença delas. Essas empresas podem estar na posição de organizadoras, fornecedoras, patrocinadoras, parceiras ou expositoras.

Em todos os casos, o público precisa estar ciente de que aquelas marcas estão associadas ao evento. Suas logomarcas podem ficar expostas em peças de divulgação, uniformes, brindes personalizados, fundos de palco e outros materiais.

Em eventos de maior porte, como convenções e feiras, pode-se, também, construir espaços com uma identidade visual própria para divulgar as parceiras. Estandes e balcões/salões expositores são exemplos de pequenas repartições que evidenciam o envolvimento de outras empresas.

Esse é o caso, por exemplo, da Agrishow, a maior feira de tecnologia agrícola da América Latina, organizada pela Informa Exhibitions. O evento conta com uma identidade visual própria, tem uma imagem já reconhecida e consolidada pelo público da área e, ainda assim, privilegia as marcas participantes em seus espaços de exposição.

Melhores Mochilas para Brindes

Deixa as informações claras

Identidade visual não serve apenas para estimular sensações, destacar marcas ou fixar mensagens para o público. Todo evento corporativo precisa ser intuitivo e de fácil movimentação para os participantes.

Imagine um site em que você não consegue achar uma postagem ou produto qualquer. Outro cenário possível: você encontra esse post, mas não sabe como voltar para a página inicial e buscar por mais conteúdos — não há nem mesmo um campo de pesquisa. Certamente, você ficaria frustrado e um pouco perdido nessa situação, não é verdade?

Peças de informações ao público

O mesmo acontece com um evento que não aproveita suas peças e estruturas visuais para passar as informações com clareza para o público. A identidade visual deve conter peças de suporte que facilitem as tomadas de decisão dos visitantes/participantes, como placas e totens indicativos, mapas, calendários e agendas de horários.

Além disso, um evento corporativo sem os mínimos cuidados com a sua identidade visual será incapaz de cumprir os objetivos estabelecidos pelos organizadores, sejam eles institucionais ou comerciais.

As cores, o design, a disposição das informações e outros fatores são imprescindíveis para reforçar o posicionamento de uma marca, dar fluidez à temática e até motivar uma decisão de compra. Uma identidade visual bem trabalhada ajuda a proporcionar uma melhor experiência de relação e consumo do público com o evento antes, durante e após o acontecimento.

Tais conceitos estão muito ligados ao uso do branding em eventos corporativos. Saiba que a identidade visual representa a mensagem que o seu evento corporativo quer passar. Ela deve ser bonita, profissional, coerente com o padrão visual da sua marca, valorizar os parceiros comerciais e usar cores associadas às reações esperadas. Sobretudo, precisa ser única e marcante, sendo o ponto de referência para o público e alinhada aos valores da empresa.

Possibilita o uso de um slogan

Criar um slogan relacionado ao serviço da marca faz muita diferença no resultado. Sendo assim, pense em uma frase que possa transmitir todos os valores e objetivos do projeto em palavras. O mais importante é traduzir a essência da marca de forma simples, mas com impacto significativo na memória das pessoas.

Durante o estudo das ideias, pense em tudo que a empresa deseja oferecer ao público-alvo, assim como nos principais motivos para que ele marque presença no dia da ação. A partir disso, fica muito mais fácil criar uma harmonia entre a comunicação e o cronograma que será apresentado.

Lembre-se de que esse mesmo slogan também deve ser usado nas estratégias de mídias sociais e marketing em diferentes formas de divulgação. Por esse motivo, dê preferência a palavras que possam ser usadas como hashtag, para que haja o poder de impactar um público além do que foi almejado inicialmente.

Outra questão importante está na escolha do profissional responsável por realizar as artes inseridas no material do evento. Por mais que a empresa tenha alguém experiente que cuide da área, é essencial conversar com antecedência e explicar cada detalhe de como colocar o passo a passo da ideia no papel.

Destaca o evento da concorrência

Pode até não parecer à primeira vista, mas uma boa identidade visual é fundamental para destacar seu evento da concorrência. Hoje em dia, o público está cada vez mais bombardeado por informações e ofertas de consumo. Ao comparecer em uma ação presencial, o principal desejo envolve encontrar uma programação de qualidade e serviços bem elaborados.

Com um material coerente em relação à proposta do tema abordado, fica mais fácil criar, já no primeiro contato, um relacionamento mais próximo. Na prática, um esquema de organização preocupado com os detalhes é considerado cativante na visão da audiência, mesmo que de forma inconsciente. Dê atenção especial à harmonização de toda a estrutura, inclusive dos materiais complementares.

Traz mais confiança ao público

Proporcionar um ambiente repleto de harmonia visual representa a organização interna na hora de receber o público, e esse cuidado vai desde a apresentação das primeiras informações sobre o projeto até o relacionamento durante e depois do evento.

O mais importante é só colocar na presença do público aquilo que estiver de acordo com o contexto de atuação da empresa. Nesse momento, torna-se necessário ficar de olho nas pequenas falhas, pois poucas pessoas notam quando algo está completamente alinhado, mas, quando existe um problema, ele pode se transformar no centro das atenções.

Ao se deparar com uma estratégia impecável junto de uma comunicação clara baseada em detalhes, automaticamente, os participantes ganham mais confiança na marca. Afinal, essa experiência torna claro o quanto o trabalho da empresa pode ser minimalista e, ao mesmo tempo, bem executado.

Ajuda a conhecer melhor o público

Pode até não parecer, mas ter uma identidade visual em seu evento ajuda muito a conhecer melhor as preferências do público. O motivo é que todo o conteúdo apresentado deve ser baseado nas informações que você já tem sobre os participantes.

No entanto, ao mensurar os resultados da ação, fica muito mais simples saber o que realmente funciona. Por exemplo: se, ao investir em algo colorido, a aceitação não for tão boa como o esperado, fica claro que a expectativa do público era de um ambiente voltado à sobriedade.

Mas isso não é uma regra, já que a identidade visual perfeita pode ser ajustada conforme o feedback dos participantes. O grande diferencial, na verdade, está em saber interpretar o conceito transmitido pela marca, para expressá-lo de forma concreta nos processos de comunicação visual.

Evita excessos

Imagine só a cena: você chega para uma palestra sobre como engajar colaboradores, e a decoração se parece mais com uma comemoração de aniversário. Seria constrangedor, não é verdade?

Por esse motivo, contar com uma identidade visual eficiente serve como base para que os colaboradores acertem em cheio na hora de expressar o posicionamento da empresa e contextualizar a situação.

Um direcionamento durante o planejamento do evento faz muita diferença no resultado final, pois já existe uma receita a ser seguida com foco em agregar valor à experiência oferecida ao público. Tenha em mente que apostar em identidade visual é um verdadeiro investimento em longo prazo, quando se trata de se destacar da concorrência e fidelizar clientes.

Pronto: agora você já conhece os principais motivos que tornam a identidade visual para eventos tão importante para o sucesso. Dessa maneira, tenha bastante cuidado ao elaborar cada detalhe do projeto, para identificar o que mais se encaixa nas preferências do público. Só assim vai ser possível criar um relacionamento de confiança de longo prazo e aumentar o poder de engajamento.

Gostou das informações apresentadas neste artigo? Então, leia também sobre os melhores serviços para eventos!

Leave a Reply